Arquivo mensal: dezembro 2010

Sem Titulo 17/12/2010-23:46

<!–[CDATA[

Rodrigo Pimentel e Ana Paula Arajo, no cenrio do 'RJ TV'

RIO – Rodrigo Pimentel viu os olhos de Ana Paula Arajo se encherem de lgrimas, quando a jornalista anunciou, ao vivo no “RJ TV”, na tarde de domingo passado, que o traficante Zeu, um dos responsveis pela morte de Tim Lopes, em 2002, acabara de ser preso. A apresentadora da TV Globo estava no estdio, quando o ex-capito do Batalho de Operaes Especiais da Polcia Militar do Rio (Bope) falou, emocionado, sobre a bem-sucedida operao das foras de segurana ao ocupar, sem pr em risco a vida de nenhum oficial, o Complexo do Alemo, no Rio. Juntos, eles narraram os momentos mais importantes da ao policial, iniciada no ltimo dia 25, quando centenas de soldados do trfico fugiram em bando da Vila Cruzeiro, rendendo imagens que paralisaram o pas.

– No primeiro dia, fiquei no ar durante seis horas e meia seguidas. Assim como todo mundo, fiquei vidrada no que estava vendo. No pensava em quantas horas eu j estava ali, se as pernas estava doendo ou no… No final, senti que estavam formigando! Na internet, perguntavam “Ela no come?” ou “No vai ao banheiro?”, mas nem me lembrava dessas coisas – afirma Ana Paula, que naquela quinta havia passado o crach na entrada da emissora s 5h para comandar o “Bom dia Rio”, e s foi embora para casa quando a novela “Araguaia” estava no ar: – Acho que nunca aconteceu de eu passar tanto tempo no trabalho. Depois, quase no consegui dormir. S fui me acalmar l pelas onze da noite.

Pimentel, que atuou na polcia por 12 anos, h um comenta sobre segurana pblica na TV. Mas para ele, essa cobertura foi um marco, no s na atual profisso, como tambm na Histria da cidade.

– No domingo, foi impactante ver o blindado entrando por aquelas ruelas. Naquele reduto a polcia no entrava h cerca de sete anos – diz ele, confiante que isso “ s o comeo”: – A faco criminosa tinha aquela regio como um bunker. Era l onde traficantes de outras favelas iam se esconder. Pelas imagens, podemos imaginar que existiam em torno de 600 homens armados. E tenho certeza que a Polcia Civil vai prender vrios.

Para conseguir acompanhar passo a passo o que estava acontecendo nas ruas, Ana Paula e Pimentel trocaram refeies por lanches , dormiram pouco e abdicaram das horas com a famlia.

– Num certo momento, aproveitei que Rodrigo estava falando e passei um bilhete para um auxiliar do estdio, pedindo para algum ligar para a minha casa para saber se estava tudo bem. Depois, pelo ponto, a diretora me avisou que sim – lembra Ana Paula, que me de Melissa, de 4 anos. – Assim como aconteceu na operao policial, contei com uma fora-tarefa entre amigos e famlia. Todo mundo se ofereceu para ficar com Melissa – diverte-se.

Pai de dois meninos, Eduardo, 11, e Gustavo, 7, Pimentel s conseguiu v-los acordados na noite da ltima segunda, depois de mais um dia longo de trabalho. Em compensao, o ex-oficial do Bope virou celebridade instantnea: viu multiplicar rapidamente o nmero de seus seguidores no Twitter e, pelos corredores da emissora, ganhou uma legio de fs, apelidadas de “Pimentetes”.

– Nas redes sociais, recebo muitas mensagens. A maioria de mulheres elogiando. Acho que foi criado um fetiche por conta do filme “Tropa de elite” – acredita o marido de Rosele: – Ela entende e brinca com isso. s vezes, responde aos comentrios.

Na casa de Ana Paula, o marido, Christiano, j est acostumado a sua carga horria e foi compreensivo ao saber que no poderia contar com ela na inaugurao do restaurante do qual scio.

– Eu s consegui ir dois dias depois. Foi quando, pela primeira vez, fiz uma refeio de verdade. Comi um prato de massa – revela a apresentadora.

Durante a cobertura, o jeito era tapear a fome com sanduches, sucos e achocolatados.

– Perdi uns trs quilos. Enquanto Ana Paula falava, eu fugia e fazia um lanche e vice-versa – conta Pimentel, que, por duas noites seguidas, dormiu apenas por duas horas: – Aconteceu de eu sair da Globo s 1h30m e voltar s 5h. No domingo, acordei sem voz. Precisei fazer exerccios com a fonoaudiloga. Se isso me cansou? No. Eu estava muito envolvido. Na segunda, fui a um restaurante e brincaram comigo, perguntando se tinham me libertado. Mas eu no fiz nada obrigado.

Para Pimentel, a transmisso ajudou a despertar o sentimento de solidariedade entre os telespectadores.

– No pedimos banho de sangue, no julgamos a ao policial. Mostramos uma ao sem efeitos colaterais – justifica ele, ainda tocado com o que aconteceu: – Quando as foras entraram pela rua Joaquim Queiroz, dentro de um blindado estava o meu irmo, que tenente-coronel. Fiquei preocupado com ele e tantos amigos. Mas, quando o Allan (Turnowski, chefe da Polcia Civil) anunciou que o Areal estava tomado, constatei o xito. Mas uma imagem em especial mexeu comigo, a de uma viela onde, em 1999, durante uma operao que eu comandava, um policial amigo foi morto. Agora, vi a mesma rua dominada pela polcia.

No controle da situao durante o tempo que precisou ficar no ar, Ana Paula mostrou jogo de cintura para driblar contratempos. Mas a jornalista confessa que precisou respirar fundo ao acompanhar a priso de Zeu.

– Tive vontade de chorar ao lembrar de Tim – assume ela, h 15 anos na Globo: – Tambm fiquei preocupada com quem estava mandando matria da rua, mas todo mundo aqui passa por um curso sobre segurana e sabe que no pode se expor ao perigo. Deu vontade de estar l tambm. E ainda vou! Estamos programando a minha ida ao Complexo do Alemo.

Fora todo o desempenho da dupla, tambm chamou ateno a elegncia da jornalista:

– Todo mundo se espantou com o fato de eu estar de salto alto por tanto tempo. E teve um momento engraado: entre tantos e-mails sobre o assunto que estvamos tratando, teve gente escrevendo para saber de onde era a saia que eu estava usando – diz, aos risos.

]]>

Anúncios

Sem Titulo 13/12/2010-22:40

<!–[CDATA[

A atriz Antonia Fontenelle e a jornalista Ana Paula Arajo prestigiam a inaugurao do restaurante Touro e Galo, Rio.

]]>

Sem Titulo 9/12/2010-20:31

<!–[CDATA[

Ana Paula e suas amigas!

Twitter da Ana Paula Arajo @AnaPaulaAraujo

]]>

Sem Titulo 9/12/2010-20:23

<!–[CDATA[

ENTREVISTA DA ANA PAULA ARAJO

Um dos momentos mais marcantes para a jornalista Ana Paula Arajo, que comanda o RJTV e ficou horas seguidas no ar na cobertura da operao policial no Complexo do Alemo, no Rio, foi a priso de Zeu, condenado por assassinar o colega de emissora Tim Lopes, em 2002.

Em entrevista ao jornal Extra, Ana Paula revelou que segurou o choro ao ver a cena da priso do criminoso e que esse foi o momento mais difcil da cobertura. Segurar o choro na hora da priso do Zeu, o assassino do Tim Lopes. O Tim era um colega muito querido, bem carioco, boa praa. A perda dele di at hoje e voltou tudo no momento dessa priso, lembra.

Questionada como conseguiu ficar tantas horas no ar, Ana Paula disse que a empolgao em ficar ao lado da sociedade nesse momento a ajudou: Nos primeiros dias entrei no ar no Bom dia Rio e fiquei at o comeo da noite. Domingo cheguei de manh cedo e s sa do ar depois do Fantstico. As pessoas aqui na redao querem saber o segredo, mas no tem: apenas a empolgao de cumprir a misso de estar ao lado da populao nessa hora.

A jornalista acredita estar vivendo o melhor momento de sua carreira. Apesar das muitas horas no ar, nesses grandes eventos o que todo jornalista mais quer participar ao mximo da cobertura. Portanto, podem me deixar no cativeiro, brinca Ana Paula, em referncia campanha Libertem a Ana, lanada no Twitter.

]]>

Fashion Rio

<!–[CDATA[

Ana Paula Arajo e Gaetano Lopes

]]>

Sem Titulo 8/12/2010-20:26

<!–[CDATA[

A jornalista Ana Paula Arajo com a filha, Melissa, e a atriz Nvea Stelmann com o herdeiro, Miguel, se encontram no restaurante Porco, na Barra, Rio.

]]>

Ana Paula Agora No Jornal Nacional

<!–[CDATA[

Bancada nacional
Destaque no RJ TV durante a cobertura das aes da polcia contra o trfico, Ana Paula Arajo vai aparecer na bancada do Jornal Nacional. Ela passar a fazer parte da escala do fim de semana do telejornal.

]]>